Site sem visitas? 9 Erros comuns que você deve evitar para ter melhores resultados

Levantei 9 erros, baseado na minha experiência de mais de 10 anos na criação de sites, que podem ajudar muitas empresas que já tem site melhorar seu resultado ou para aqueles que estão pensando em criar o site da sua empresa.

  1. Não definir o perfil do visitante
  2. Falha na descrição dos Produtos ou Serviços oferecidos
  3. Ignorar volume de pesquisa
  4. Não fazer SEO
  5. Pensar só no desenho
  6. Só falar sobre a empresa
  7. Não Converter Visitantes em Contatos
  8. Não gerar conteúdo para retenção
  9. Site incompatível com Smartphones

1 – Não definir o perfil do visitante

Antes mesmo de pensar no desenho do seu site, é importante definir o perfil do visitante que irá acessar, para que você consiga então organizar o conteúdo de acordo com esse perfil. Esse é um erro comum, ao contratar um serviço de site que já quer ir direto para construção das páginas sem ao menos entender o seu público.

Se o perfil do seu cliente é mais jovem, isso vai afetar no “tom de voz”, conteúdo e desenho do seu site. Assim também se o público for mais formal, tradicional ou conservador, deve ser adequado a este perfil.

2 – Falha na descrição dos Produtos ou Serviços oferecidos

Muitas empresas não dão a devida atenção na construção do conteúdo que fale sobre seus produtos e serviços ao cadastrarem no site. Copiar e colar as informações do fornecedor, ou buscar todos os produtos de um sistema e simplesmente importar para o site, sem atualizar e otimizar, pode ser um erro fatal!

A dica é que você cadastre seu produto ou serviço, um por vez, como se esse fosse o único item que você tem a oferecer e você depende da venda dele.

Ao escrever o conteúdo, pense novamente no perfil do seu cliente. Fale mais sobre os benefícios e ganhos para o seu visitante do que termos técnicos, dê exemplos e mostre cases e depoimentos, se conseguir. E uma dica infalível para gerar boas vendas é: use imagens e vídeos.

Em 2020, 82% de todo tráfego da internet será gerado por vídeos.
(CISCO)

No Brasil, 86% dos usuários de internet assistem vídeos online.
(eMarketer)

3 – Ignorar volume de pesquisa

“Meu site não da resultados”, “Tenho melhores resultados com o  Facebook do que meu site”, “Não tenho visitas no site”. São frases que muitos empresários insatisfeitos soltam sobre o site da empresa, que já está online.

Com mais de 10 anos de experiência na criação de sites, percebi um erro grande em alguns: Focar em venda de produtos ou serviços que não tem volume de pesquisas no Google, ou seja, é fato que ninguém vai chegar até suas páginas se ninguém está pesquisando por isso.

Ou, seu produto tem volume de pesquisas, mas não chegam nas suas páginas. Isso é um problema de Otimização das Páginas do seu site (SEO), um assunto para o próximo item.

O Google Trends é um ótima ferramenta para pesquisar por volume de buscas de palavras-chaves do seu produto, serviço ou negócio, e é gratuito!

4 – Não fazer SEO

O site está organizado, conteúdo e desenho pensado no perfil do seu público, mas não tem visitas?

Deixar de dedicar um tempo para otimizar seu site é um erro grande, muito comum e terrível! (com um drama a mais rsrsr).

Não utilizar técnicas de otimização de conteúdo (SEO), faz seu site perder posições na busca e nem aparecer na primeira página do resultado de pesquisas.

No planejamento do site, antes do desenho, e no desenvolvimento do conteúdo, você deve pensar nas palavras-chaves do seu negócio. Se colocar no lugar do perfil do seu cliente e pensar em como ele vai pesquisar no Google, pra chegar até sua página?

Veja nosso post sobre Otimização de páginas e comece agora a pensar em aplicar em seu site.

Aqui está uma ferramenta online para você testar o SEO do seu site, basta incluir o endereço da página e analisar. Acesse aqui!

5 – Pensar só no desenho

Este item é pra reforçar os itens anteriores e é um erro comum nas empresas. Antes mesmo de pensar no perfil do visitante que deseja atrair, no conteúdo que vai ser colocado no site, nas técnicas de SEO, a preocupação é só com o desenho do site.

O desenho é importante, mas o desenho vêm com um bom planejamento antes. Se não, você vai ter um lindo site, mas sem visitantes. Pense nisso!

6 – Só falar sobre a empresa

Você já deve ter percebido que tudo que escrevi aqui envolve o perfil do visitante que deseja atrair para seu site. É por esse motivo que ele é o primeiro a ser definido antes da criação do site da sua empresa.

O erro de muitas empresas: gerar conteúdo falando só sobre a empresa e não conteúdo que podem ajudar aquele que poderá ser seu futuro cliente, atraindo visitantes qualificados.

Claro, pode falar sobre você, isso mostra transparência e credibilidade, mas o fato é, as pessoas estão pesquisando sua solução, não sua empresa. Empresas que geram conteúdo focado em solucionar problemas de seus clientes tem mais visitas.

Por este fato, muitas empresa estão incluindo em seus sites um Blog para postarem conteúdo relacionado ao perfil do seus clientes, para despertar o interesse e chamar para visitar seu site. (Como estou fazendo aqui! :D)

Com isso, você se torna um ponto de referência para seu público, ganha visibilidade e credibilidade. Os consumidores tem tendência de comprar de quem eles confiam. Isso é Marketing de Conteúdo.

Empresas que escrevem blogs têm 55% mais tráfego de website que aquelas que não escrevem.
(Hubspot)

7 – Não Converter Visitantes em Contato

Neste caso, são sites que tem um alto volume de visitas, mas não convertem essas visitas em contatos para que a empresa possa se relacionar e vender depois. É como se o visitante entrasse em sua loja e fosse embora, sem deixar ao menos seu telefone.

Uma dica que vem funcionando para muitas empresas é a criação de Landing Pages, oferecendo um conteúdo de valor em troca de seu contato. O mais comum são os eBooks, mas podem ser vídeos, webinars, mini-cursos gratuitos, enfim, algo que seu visitante queira muito.

Essa passagem de um estado (visitante) para contato, se chama conversão.

Tendo uma lista de contatos, você pode trabalhar mais conteúdos de valor e, dependendo do perfil do cliente, passar para equipe de vendas, que pode se converter em novas vendas.

Leia mais sobre isso aqui.

8 – Não gerar conteúdo para retenção

O site não é só para novos clientes, mas para manter aqueles que sua empresa já conquistou. Gere conteúdo para ajudar e auxiliar os seus clientes.

Se sua empresa vende para outras empresas, gere conteúdo sobre gestão, dicas e informações de marketing para ajudar a empresa do seu cliente a crescer. Ela cresce, você continua com o cliente, e ainda, satisfeito a ponto de indicar sua empresa para outras.

Se sua empresa vende para consumidores finais, gere conteúdo para ajudar seus consumidores. Lembre-se que o conteúdo deve ser focado no perfil do seu cliente (aqui denovo), e deve ter valor.

Uma dica aqui para descobrir o que escrever é, ouça seus clientes, entenda quais são suas dificuldades e desafios diário na empresa e procure conteúdo que possa ajudá-los a resolver.

9 – Site incompatível com Smartphones

O Google leva em consideração a adaptação do seu site em celulares. Para que você tenha melhor posicionamento e não seja ignorado, seu site deve ser compatível com smartphones, essa técnica é chamada de Design Responsivo.

Muitas empresa ainda não atualizaram seus sites ou insistem em fazer site incompatível com celulares. Isso com certeza é uma grande falha e deve ser corrigida imediatamente para que seu site seja melhor indexado pelo Google e aparecer nos resultados de pesquisas.

Veja o link do próprio Google:
https://developers.google.com/search/mobile-sites/mobile-seo/?hl=pt-br

***

Bom, esses são alguns pontos de falhas que muitos sites cometem. Se você comete algum desses erros, comece hoje a mudar para conseguir alcançar melhores resultados. Se você ainda não tem site, essas dicas são importantes na hora de pensar em criar o seu.

Quer saber mais sobre nós, visite nosso site www.estatus.com.br.

Orçamento criação de site - Estatus


Tags:, ,